Dois homens são presos em Fortaleza na 2ª fase da Operação 404 contra pirataria digital.

Dois homens são presos em Fortaleza na 2ª fase da Operação 404 contra pirataria digital.

Dois homens foram presos em Fortaleza na 2ª fase da Operação 404, realizada no Ceará e outros nove estados, na manhã desta quinta-feira (5). Um dos suspeitos foi alvo de três mandados da operação nacional e outro tinha um mandado em desfavor dele. Eles são investigados por crimes praticados contra a propriedade intelectual na internet - pirataria digital.

A ação realizou bloqueio ou suspensão de 252 sites e 65 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo, desindexação de conteúdo em mecanismos de busca e remoção de perfis e páginas em redes sociais, informou a Polícia Civil do Ceará (PCCE).

As investigações da Operação 404 mostraram que os suspeitos capturavam o sinal e realizavam a retransmissão ilegal de conteúdo para assinantes do serviço. O grupo também ganhava dinheiro por meio da veiculação de propagandas em sites piratas – muitos deles com servidores em outros países.

Os alvos presos em Fortaleza foram encontrados nos bairros Presidente Kennedy e Jardim América.

Ao todo, são cumpridos, por determinação judicial, 25 mandados de busca e apreensão em 10 estados: Ceará, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo.

O trabalho é coordenado pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A primeira fase da operação, realizada em novembro de 2019, teve investigações em 12 estados, mas o Ceará ainda não constava na lista.