Menino de 11 anos é assassinado em Teresina e tinha lista de pessoas para matar.

O menino de 11 anos assassinado nesta terça-feira (17/03) com oito tiros enquanto dormia em sua casa na localidade Árvores Verdes, Zona Rural de Teresina (PI), teve uma infância marcada por uma série de problemas e delitos.

Segundo reportagem da TV Cidade Verde, ele era problemático na escola e chegou a ser expulso. Em entrevista, a diretora do colégio disse que ele tinha uma lista de pessoas para matar.

"Ele dizia que quando completasse 12 anos, ele tinha uma lista que ia matar e um dos primeiros nomes era o meu e da adjunta. Ele tentou matar um aluno enforcado, ele só não conseguiu porque tinha um pai na escola, foi quem socorreu", disse a diretora.

Um abaixo-assinado foi feito pelos pais do outros alunos para que ele fosse expulso. A diretora disse que a escola nunca fechou as portas para ele, mas ele abandonou os estudos.

O menino tinha um comportamento agressivo na sala de aula e era usuário de drogas. Ele também praticava furtos e roubos.

Dois homens invadiram a casa onde ele morava com a família. A mãe foi chamada para assistir o assassinato no momento que o menino dormia ao lado da irmã de oito anos. O caso é investigado e até o  momento ninguém foi preso.

Fonte: 180 graus.