Socorrão rejeita paciente grave de Tuntum e Prefeito Fernando Pessoa diz que é perseguição politica.