Justiça manda soltar homem que matou mulher em menos de 24 horas após sua prisão em São Luís/MA.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um homem identificado como Claudionor Cantanhede, suspeito de ter matado uma mulher, identificada como Maysa Silva Santos, no último domingo (23/01), foi posto em liberdade pela Justiça em menos de 24h após ter sido preso em flagrante, em São Luís.

Maysa Silva foi assasinada em um bar localizado no Coroado, após tentar separar a briga de um casal.
De acordo com o Poder Judiciário, o suspeito nunca tinha sido preso em flagrante, sendo tecnicamente primário e não possui condenação transitando em julgado a seu desfavor. Com isso, foi concedido a liberdade provisória em favor do acusado, na segunda-feira (24/01).

Segundo informações, a decisão judicial determina ainda que o acusado deve comparecer em juízo a cada dois meses; proibido de acesso a casas noturnas e bares. Ele ainda está proibido de sair de casa durante o período da noite e ausentar do Estado sem a prévia autorização judicial.

Segundo uma funcionária do bar que acionou a polícia, um casal estava bebendo no local quando iniciou uma discussão.

Em seguida a mulher começou a ser agredida pelo homem com socos e pontapés. Maysa, que passava pelo local tentou socorrê-la, mas foi surpreendida com golpes de faca no braço e pescoço.

POSTS RELACIONADOS

Inscrever-se
Notificar de
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x