Marido que postou em rede social sobre sumiço da mulher é suspeito de matá-la no interior do Ceará.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O marido da professora Flávia Maria Lopes de Sena Vasconcelos foi preso, neste sábado (28/10), suspeito de matá-la. A vítima, que tinha 49 anos, foi encontrada sem vida após sair de casa para fazer uma caminhada na cidade de Varjota, no interior do Ceará.

Ele foi ouvido pela Polícia Civil na última quarta-feira (25/10), por suspeita de participação no crime, porém ele foi liberado depois.

O desaparecimento de Flávia foi comunicado à polícia pelo próprio marido, que também divulgou o caso nas redes sociais. Segundo o homem, a mulher havia saído de casa por volta das 19h de terça-feira (24/10) para fazer a atividade física e não retornou.

“Já procurei em todos os lugares e a polícia já foi acionada. Qualquer informação pelo amor de Deus me liguem ou mandem mensagem. Nossa família está sem chão”, dizia a mensagem sobre o desaparecimento da professora, publicada pelo suspeito de matá-la.

O corpo da professora foi localizado pela polícia na localidade de Cajazeiras, a cerca de 6 quilômetros da sede da cidade, onde a vítima morava. A Perícia Forense constatou que a mulher foi atingida por oito facadas no pescoço, no abdômen, nas costas e nas mãos.

O caso é investigado Delegacia Municipal de Varjota, que realiza apurações para elucidar o crime. A vítima deixa dois filhos.

POSTS RELACIONADOS

Inscrever-se
Notificar de
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x