Messi supera Pelé e conquista oitava Bola de Ouro; Vinicius Júnior fica no sexto lugar.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Lionel Messi se isolou como o maior vencedor da história da Bola de Ouro, prêmio organizado pela revista francesa “France Football” desde 1956, na tarde desta segunda-feira (30/10). Em cerimônia realizada na cidade de Paris, na França, o astro desbancou Erling Haaland, do Manchester City, para ser eleito o melhor jogador da temporada 2022/2023. No período, o atacante levou a seleção da Argentina ao tri da Copa do Mundo e brilhou no Paris Saint-Germain, sendo campeão do Francês e da Supercopa da França. O argentino, desta forma, conquista sua oitava Bola de Ouro – anteriormente, ele também faturou as edições de 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021. O “ET” também deixa para trás Pelé em números de taças da prestigiada premiação. O brasileiro, vale lembrar, não ganhou no período em que desfilava nos gramados, já que a “France Football” tinha como regra premiar apenas europeus que atuavam na Europa, ou seja, o ídolo do Santos nunca pôde concorrer. Após a mudança no regulamento, em 2015, a revista revisou toda a lista usando as regras atuais e decidiu conceder ao Rei uma justa correção histórica. Nela, o brasileiro teria faturado o troféu sete vezes: em 1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1965 e 1970.

A cerimônia foi realizada no Théâtre du Chatelet, no teatro de Paris. Inicialmente, a France Football selecionou os dez finalistas, deixando Vinicius Júnior, o único brasileiro na lista dos 30 indicados, na briga pelo troféu. O jovem, entretanto, terminou na sexto lugar, atrás de Messi, Haaland, Kylian Mbappé (3º)Kevin De Bruyne (4º) e Rodri (5º) – este foi o melhor resultado do jogador do Real Madrid na premiação. Julian Álvarez ficou na sétima posição, seguido por Victor Osimhen (8º), Bernardo Silva (9º) e Luka Modric, que completaram o top 10. No evento, a “France Football” também congratulou as mulheres pela quinta vez. Campeã da Copa do Mundo Feminina, com a Espanha, e da Liga dos Campeões, com o Barcelona, Aitana Bonmatí foi eleita a melhor no futebol feminino. A revista também premiou outros atletas, como o meio-campista Jude Bellingham, do Real Madrid, como o principal jogador sub-21. Erling Haaland, por sua vez, foi eleito o artilheiro do ano (Prêmio Gerd Muller). Já o argentino Emiliano Martínez, do Aston Villa, ficou com o Troféu Yashin, de melhor goleiro. Por fim, o Manchester City ganhou como “Time do Ano” entre os homes, enquanto o Barcelona levou entre as mulheres. E o Prêmio Sócrates, que homenageia trabalhos sociais, ficou Vinicius Júnior pelo trabalho em sua instituição. 

Vencedores na cerimônia Bola de Ouro 2023:

  • Melhor jogador: Lionel Messi (PSG/Inter Miami/Argentina)
  • Melhor jogadora: Aitana Bonmatí (Barcelona/Espanha)
  • Troféu Yashin: Emiliano Martínez (Aston Villa/Argentina)
  • Prêmio Kopa: Jude Bellingham (Borussia Dortmund/Real Madrid/Inglaterra)
  • Prêmio Sócrates: Vinicius Júnior (Real Madrid/Brasil)
  • Prêmio Gerd Müller: Erling Haaland (Manchester City/Noruega)
  • Clube do ano: Manchester City (masculino)/ Barcelona (feminino)

POSTS RELACIONADOS

Inscrever-se
Notificar de
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x