Técnico do Moto Club é preso no estádio por não pagar pensão alimentícia, em Imperatriz/MA.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Na noite desta quarta-feira (17/01), o técnico do Moto Club, Márcio André Correia Cantanheide, conhecido como ‘Marcinho Guerreiro’, de 45 anos, foi preso no gramado do estádio Frei Epifânio, na cidade de Imperatriz, poucos minutos antes do início da partida.

O motivo da prisão foi a falta de pagamento de pensão alimentícia. O Moto Club era visitante na partida contra o time do Imperatriz, válido pela segunda rodada do Campeonato Maranhense, que terminou em 3 a 1 para o time da casa.

Segundo as informações, Marcinho Guerreiro ainda chegou a acompanhar o aquecimento do time rubro-negro no gramado do Frei Epifânio. Ao descer para o vestiário da equipe, um oficial de justiça e uma viatura já o aguardava com um mandado de prisão.

O Delegacia Regional de Imperatriz informou que o técnico foi encaminhado para a delegacia durante o plantão, mas, posteriormente, foi levado para a Unidade Prisional de Ressocialização na cidade.

Segundo a polícia, a prisão tem duração de 60 dias e, até as 11h45 desta quinta (18), Marcinho Guerreiro seguia preso, de acordo com a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária.

O processo envolvendo a falta de pagamento de pensão está em sigilo. Em nota, o Moto Club afirmou que não teve conhecimento da situação envolvendo o técnico e que ‘tomará as medidas cabíveis’ após a apuração dos fatos.

POSTS RELACIONADOS

Inscrever-se
Notificar de
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x