Polícia responsabiliza Equatorial por morte de adolescente eletrocutada em praia de Maceió/AL.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

A Polícia Civil de Alagoas (PC-AL) responsabilizou a Equatorial Energia pela morte de Janice Santos de Vasconcelos, de 13 anos, eletrocutada na praia da Sereia, Litoral Norte de Maceió, em agosto de 2021. O inquérito foi concluído e remetido ao Ministério Público do Estado na quinta-feira (13).

Por meio de nota, a Equatorial informou que ainda não foi comunicada oficialmente e que só após tomar conhecimento do teor do inquérito policial é que vai avaliar a situação para poder adotar as medidas legais cabíveis.

De acordo com as investigações, em 22 agosto do ano passado, um cabo energizado caiu na praia da Sereia por volta das 14h50. Avisada do problema, a Equatorial enviou uma equipe até o local para providenciar o desligamento da rede elétrica da região somente às 16h05.

Nesse intervalo, um garoto de 8 anos acabou pisando no fio desencapado. Ao tentar socorrer o menino, que era vizinho da família, Janice recebeu uma descarga elétrica. A adolescente chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

Segundo o delegado Robervaldo Davino, do 6º Distrito da Capital, a polícia não pode indiciar a companhia por se tratar de uma empresa e a legislação penal não permite. Contudo, a Justiça pode definir punição à empresa por causa do ocorrido.

“Caberá à Justiça, agora, definir quais punições poderão ser aplicadas à companhia de energia”, explicou Davino.

POSTS RELACIONADOS

ÚLTIMOS POSTS

SIGA-NOS!

TV MALAGUETA